Sáb - 21/04
28º 16º 20:19
Guaíra - SP

Agora vai: Estado autoriza licitação para a construção das 232 casas

Finalizando o processo licitatório, realizado pelo governo estadual, empresa vencedora ficará responsável pelas obras; prefeito José Eduardo está otimista de que não haverá mais empecilhos para as novas moradias de Guaíra

Cidade
Guaíra, 8 de Abril de 2018 - 10h05

José Emidio, diretor de obras de Guaíra; o prefeito José Eduardo; o secretário de habitação do Estado, Nelson Luiz Baeta Neves Filho; o secretário do departamento obras de Guaíra, José Carlos Augusto; e Eugênio José Zuliani, que está respondendo pelo CDHU.

No último dia 03 de abril, o governador Geraldo Alckmin assinou as autorizações para a contratação das 232 moradias de Guaíra por intermédio do programa Morar Bem Viver Melhor da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU).

Para receber a boa notícia, o prefeito José Eduardo Coscrato Lelis esteve em São Paulo na última quinta-feira (05) e, em reunião com o secretário estadual de Habitação Nelson Baeta, confirmou que, após o processo licitatório, a empresa vencedora ficará responsável pelas obras das residências populares, tão esperadas pela comunidade local.

“Estivemos na Secretaria de Habitação, pois fomos contemplados na decisão do governador de abrir a licitação para as 232 casas. Já estava autorizada a construção, mas faltava recurso dos governos do Estado e da Federação. Porém, o Alckmin conseguiu esse recurso e já deu ordem para o processo, ou seja, agora dependemos desse resultado, a empresa que vai concorrer, ganhando, vai construir as casas e assim tomar os trâmites necessários para que a gente finalmente consiga esse sonho”, enfatizou o prefeito de Guaíra.

Não querendo criar falsas esperanças, o Chefe do Executivo guairense está otimista de que não haverá mais empecilhos para as novas moradias. “Não queremos criar expectativas, pois queremos ver as coisas acontecerem. Nossa parte está concluída, o terreno está doado, o andamento da Estação de Tratamento de Esgoto não impede a construção, que leva mais de 18 meses. Aliás, imagino que até lá terminaremos a ETE. Acho que não tem nenhum empecilho”, declarou.

Para a distribuição dessas unidades habitacionais, José Eduardo destaca que serão para aquelas pessoas que realente precisam. “Guaíra merece isso. São várias mãos que participaram desse processo e quero ter esse privilégio de entregar para os munícipes que precisam. Vai ser tudo por sorteio. O prefeito terá a prerrogativa de verificar se realmente os cidadãos que vão receber essas casas estão dentro dos critérios. Então, pode ter certeza que vamos entregá-las de forma mais criteriosa, para aqueles pessoas que nunca ganharam e efetivamente merecem”, acrescentou.

Déficit de 750 residências

Segundo o estudo da Fundação João Pinheiro, Guaíra possui um déficit de 750 casas para a população de renda baixa. “Nessa visita ao CDHU nos foi repassado o resultado dessa pesquisa. É evidente que se a gente analisa, às vezes é muito mais, mas esse é o número que nos foi passado”, afirmou José Eduardo.

De acordo com o prefeito, as expectativas de sua gestão é trabalhar para sanar esse déficit. “Haja visto que não fizemos compromisso de números em relação a casas, falei que trabalharíamos o melhor possível. E, nesse sentido, vou dizer meu compromisso: efetivando essas 232 casas, que é importante dizer que é uma conquista que o ex-prefeito José Carlos começou a trabalhar, o ex-prefeito Sérgio deu continuidade, e agora cabe a nós finalizarmos. Se Deus quiser faremos essas 232 moradias”, ressaltou.

Lelis ainda apresentou o que vem trabalhando.  “Já conseguimos convencer o empreendedor numa área que já foi doada para o conjunto Aniceto, para também disponibilizarmos as 99 casas. Na administração anterior, aquela área do Vicente Lacativa, atrás da Cohab I, ali há possibilidade da gente fazer chamamento também de mais de 300 unidades habitacionais. Basicamente, essa é a nossa estratégia para poder atender as pessoas de baixa renda. Casa é cidadania, mais do que nunca, é dignidade. É basicamente nesse contexto que estamos trabalhando para atender as demandas do município”, finalizou.

 


TAGS:

COMENTÁRIOS

  1. Erika disse:

    E essas 99 casas, vai realmente sair ou não?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos