Seg - 16/07
29º 17º 22:58
Guaíra - SP

Bandidos armados fazem arrastão na zona rural de Guaíra

Furtos e roubos estão ocorrendo com alta frequência nestes últimos dias em diversas fazendas e sítios do município. Assaltantes chegaram a agredir as vítimas e levaram dezenas de objetos, equipamentos, veículos, produtos químicos, entre outros

Cidade
Guaíra, 14 de dezembro de 2017 - 14h03

Bandidos estouraram as portas das residências e levaram “tudo” o que puderam carregar.

Uma “onda” de assaltos tem atingido a zona rural de Guaíra nos últimos dias. Não são somente furtos em residências fechadas, mas também roubos seguidos de agressões em aposentados, caseiros e produtores rurais.

Os crimes têm ocorrido há algum tempo, mas se tornaram mais frequentes na semana passada, quando criminosos fizeram um arrastão em mais de cinco propriedades somente em um dia, na Rodovia Fábio Talarico.

Na última quinta-feira (07), sete vítimas tiveram suas casas reviradas e objetos levados. Em um dos boletins de ocorrência, foram dois veículos roubados, sendo um Fiat Strada e uma caminhonete cinza, além de bebidas, calçados, equipamentos, maquinários, lanternas, televisão, alimentos, botijão de gás, baterias de carros e tratores, produtos químicos, peças automotivas, relógio, quase R$ 2 mil em dinheiro e até mesmo um guarda-roupa.

Segundo depoimento de um aposentado, ele foi surpreendido por quatro homens encapuzados e fortemente armados, por volta das 20h, que reviraram toda a residência e ainda agrediram um de seus familiares.

A outra vítima foi abordada durante seu banho. Os mesmos bandidos entraram na fazenda, renderam o produtor e deram uma “coronhada” em sua cabeça.

Em outra área, os seis indivíduos renderam o caseiro e colocaram-no ao chão, juntamente com o proprietário e seu amigo, roubando vários objetos e disparando duas vezes uma arma de calibre 12 contra os cães do imóvel, não conseguindo acertá-los.

Mais à frente, um sítio foi invadido, revirado e caixa de som, televisão, espingarda de pressão, laternas, entre outros objetos foram furtados, além de porta e cerca serem completamente danificados.

Em outro boletim de ocorrência, mais duas vítimas relataram roubos em suas propriedades, também no dia 07 de dezembro, no período da tarde. De acordo com o registros, quatro homens chegaram em um veículo Saveiro, encapuzados e armados, rendendo os moradores e seus familiares e adentrando as casas mesmos com cachorros de grande porte. Eles arrombaram as portas e roubaram um rifle, uma espingarda, três caixas de munições, baterias de carro e trator, duas televisões e um tablet.

Para o delegado da Polícia Civil (PC) de Guaíra, Dr. Rafael Faria, responsável pelos casos, os suspeitos podem ser os mesmos que têm atuado em outras regiões. “Na madrugada anterior [aos crimes], houve um roubo a uma fazenda em Colina, com característica semelhante e os indivíduos foram presos em Minas Gerais. O que se pode dizer, por enquanto, é que estes crimes de Guaíra podem ter relação com esta quadrilha presa em Minas e estamos investigando por essa linha e algumas outras”, comenta sobre os homens presos na sexta-feira (08) pela polícia de Barretos.

“Esses crimes foram praticados por quadrilhas especializadas e extremamente violentas, possivelmente de outro Estado”, completa.

No momento a PC investiga o caso. Outros furtos e roubos também foram relatados no último domingo, entre Miguelópolis e Guaíra e ainda na noite desta terça-feira (12), em direção a Sertãozinho.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos