Ter - 18/09
27º 18º 11:21
Guaíra - SP

Cidadão Benemérito: Câmara irá homenagear o ex-vereador Zico Scofoni

A indicação da honraria é de autoria da vereadora Maria Adriana de Oliveira Gomes e foi aprovada por unanimidade pelos parlamentares

Cidade
Guaíra, 25 de Abril de 2018 - 16h25

 

 

 

 

 

 

 

 

O ex-vereador Zico Scofoni será homenageado pela Câmara Municipal com o título de Cidadão Benemérito. A indicação para esta homenagem partiu da vereadora Maria Adriana de Oliveira Gomes e foi aprovada por todos os edis.

A parlamentar destacou que será uma justa honraria a um cidadão que muito contribuiu para o desenvolvimento de Guaíra. “Ele é um dos vereadores mais antigos de nossa cidade. Trabalhou muito por esta terra e merece o nosso reconhecimento. Fico feliz por ter feito essa sugestão e por todos terem a aprovado”, destacou Maria Adriana.

A data da sessão solene deverá ser agendada pelo próprio homenageado e ocorrerá no plenário da Casa Leis. “Queremos que esta homenagem que iremos prestar ao senhor Zico venha como reconhecimento de toda a comunidade a este homem que não perdeu a humildade, o valor pela família e, principalmente, o amor por esta terra chamada Guaíra”, frisou Gomes.

SENHOR ZICO SCOFONI

Quando o prefeito Aloizio Lelis Santana assumiu em 1968, tendo Fábio Talarico como vice-prefeito, Zico Scofoni foi eleito vereador para o período de 1 de fevereiro de 1969 a 31 de janeiro de 1973.

Seus companheiros na Câmara eram Adnaer Barros Lelis, Antônio Garcia, Cristhiano Carvalho de Menezes, Danilo de Oliveira Faleiros, Delson Muniz Lourenço, Graciano Esperancini, José Figueiredo, José Talarico, Mário Ribeiro Coelho, Noboru Yamashita, Polycarpo Cardoso da Silveira e Roberto Elias de Andrade – ao todo, 13 vereadores – notando-se que entre eles há um que viria a ser prefeito (Adnaer) e outro que já havia sido por várias vezes (Polycarpo).

Atualmente, aposentado, Zico costuma sentar-se à sombra em frente sua casa na Rua 20 e conversar com as pessoas que passam e eventualmente param para uma conversa. Às vezes esse contato pode durar até mais de meia hora recheada de recordações do passado. Comunicativo e aparentemente bem disposto, sempre demonstrando muito bom humor, Zico vai se lembrando dos velhos tempos de vereança em que os edis não recebiam salário. E cita muito o nome do ex-colega de bancada, Noboru Yamashita que, assim como ele, teve apenas um mandato.

A vida profissional de Socofni é voltada para a agricultura. Ele plantou muito algodão, milho, arroz, soja e até gergelim na fazenda Barra do Jardim e em uma área do Matão, desde 1989 nessa atividade. Sua vida era lidar com a terra. Nascido em 22 de setembro de 1927, tinha 12 quando começou a trabalhar acompanhando seu pai João Scofoni, que faleceu com 94 anos de idade.

Zico foi casado com Maria Luiza Garcia Scofoni com quem criou três filhas: Sônia, Gabriela e Maria Inês. A esposa faleceu em 2008. Atualmente, ele mora sob os cuidados de um neto.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos