Qui - 19/04
28º 20º 06:34
Guaíra - SP

CNH ganha novo código de segurança para evitar falsificações

Geral
Guaíra, 12 de Maio de 2017 - 12h15

QR Code será utilizado em documentos emitidos a partir deste mês e poderá evitar fraudes e falsificações do documento

As Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) emitidas a partir deste mês terão um novo dispositivo de segurança. A tecnologia QR Code, um código bidimensional que pode ser escaneado pela maioria dos celulares com câmera fotográfica, será implementado nos documentos.

A novidade foi apresentada em coletiva de imprensa nesta semana pelo Ministério das Cidades e o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

Segundo o Denatran, a tecnologia pode evitar fraudes e falsificações do documento, uma vez que os dados criptografados contidos no QR Code serão verificados, inclusive com foto, e validados por meio de um aplicativo móvel integrado ao Registro Nacional de Condutores Habilitados (Renach).

“Casos de clonagem da CNH, alteração de dados em carteiras furtadas ou perdidas e acréscimo irregular de categorias serão amenizados com essa nova tecnologia, evitando prejuízos para a população”, garantiu o ministro Bruno Araújo.

A medida cumpre determinação da Resolução 598 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e é obrigatória a partir deste mês. O novo modelo de CNH não implicará em aumento no valor para emissão e não exigirá substituição das CNHs antigas, garantiram os órgãos federais.

“A tecnologia do QR Code inserida na carteira de habilitação permite que todo cidadão possa verificar a validade do documento, inclusive estabelecimentos comerciais”, completou o diretor do Denatran, Elmer Vicenzi.

Conforme o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), a tecnologia criptografa as informações dos motoristas enviadas pelos órgãos de trânsito e gera um QR Code — o que é disponibilizado para ser impresso na carteira de habilitação.

Em breve, os agentes de fiscalização também poderão checar informações do veículo e as infrações de trânsito cometidas pelo motorista. (Zero Hora)


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos