Qua - 18/07
28º 16º 22:48
Guaíra - SP

Escola da Família e COMJUVE se articulam na realização de cursinho popular preparatório para o Enem

Geral
Guaíra, 8 de Março de 2016 - 09h38

O cursinho será limitado a 50 vagas, das quais serão selecionadas através do processo seletivo (Redação) no dia 19 de março na escola Enoch Garcia Leal, às 14h

No último sábado, dia 05 de março, integrantes do Conselho Municipal da Juventude se reuniram com a coordenação da Escola da Família, no Enoch Garcia Leal, juntamente com professores voluntários, para o planejamento de um cursinho popular em Guaíra.

O curso funcionará aos finais de semana, com aulas preparatórias para o Enem, todos os sábados, das 09h30 às 17h, como também simulados mensais. Todo conteúdo desenvolvido será baseado na programação de matérias que o Enem disponibiliza no início do ano.

“O projeto tem como objetivo, quebrar um paradigma social e étnico de acesso ao ensino superior, e só foi possível acontecer com o apoio de professores voluntários, que disponibilizaram seu tempo para a mudança na realidade de nosso país, sendo eles: Marjorie Bonjorno (Redação/Interpretação de Texto), Juliane Menino (Inglês), Sidnei Ferreira (História), Vandeir Gonçalves (Física), Paulo Lago (Química), Danilo Cesar Sagrillo (Biologia) e Cristian Candido (Matemática)”, afirma o presidente do COMJUVE, Maicon Marques.

O cursinho já era realizado pela Escola da Família há um certo tempo, com a coordenação da professora Edna Mascarenhas, e neste ano a nova gestão do Conselho Municipal da Juventude, pela primeira vez, apoiou o projeto e tem ajudado a reestruturá-lo e colocá-lo em prática.

O presidente do Conselho se reuniu com a direção da Associação dos estudantes de Guaíra, para apoiarem o projeto e disponibilizarem os materiais impressos que os alunos necessitarão, fazendo com que a AEG seja também uma das responsáveis pela realização da iniciativa.

Maicon Marques também se reuniu com o diretor de cultura, Alex Tomé e a secretária de educação, Maria Helena Tosta, para pedir apoio do poder público no material de divulgação e alimentação para os alunos, uma vez que o intervalo entre as aulas será curto para os estudantes se deslocarem até as suas casas e depois retornarem.

“O cursinho popular é uma grande oportunidade para as pessoas terem um direcionamento melhor para o acesso ao ensino superior, como também possibilitar que a comunidade que não pode pagar por este tipo de serviço, tenha maior chances de disputar uma vaga, quebrando um sistema em que os alunos, que sempre estudaram em escolas públicas sem nenhum custo, tenham a oportunidade de não gastar com o ensino superior. Este projeto só está acontecendo, porque a sociedade civil se uniu, juntamente com outros órgãos. Este é o primeiro de muitos outros projetos que esta nova gestão do Conselho da Juventude oferecerá para os jovens de nossa cidade”, declarou Maicon.

O cursinho será limitado a 50 vagas, das quais serão selecionadas através do processo seletivo (Redação) no dia 19 de março na escola Enoch Garcia Leal, às 14h. Os candidatos farão a inscrição no dia, e deverão levar cópia do RG, comprovante de residência e caneta preta. Os resultados estão previstos para o dia 27 de março e o início das aulas 2 de abril. Mais informações, acesse: Facebook.com/comjuveguaira.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos