Qua - 18/07
28º 16º 23:01
Guaíra - SP

Especial 87 anos homenageia celebridades guairenses

Geral
Guaíra, 18 de Maio de 2016 - 10h16

As páginas deste jornal celebram o aniversário do município prestando uma pequena homenagem a alguns dos distintos guairenses, que levam o nome da cidade aos principais prêmios e conquistas da região, do país e do mundo

 

Quando usamos essa expressão “Pratas da Casa”, estamos nos referindo àquilo que temos de melhor e mais precioso, inclusive das pessoas que para nós são muito significativas e exercem um papel de grande importância no meio social.

Nossa sociedade sempre foi pródiga de filhos ilustres! Pessoas que se sobressaem em suas aptidões e elevam o esporte, a arte plástica, a música, enfim, dons passados de pais para filhos, que alimentam a alma tanto de quem produz esta arte, como daquele que somente aplaude.

Hoje, no aniversário de nossa cidade, queremos enaltecer alguns desses “Pratas da Casa”, que escolheram Guaíra para desenvolver o seu potencial. Alguns nasceram aqui, outros escolheram esta terra como se fosse sua!

Abrimos espaço para homenagear um ícone das artes. Ninguém amou mais a Cultura da dança, do balé, das coreografias arrojadas, das cores, plumas e paetês do que o saudoso Ney Tosta, que nos deixou muito cedo!

Ney Toata foi dançar nas estrelas, mas deixou um legado de alunos que cultivam o mesmo carinho e o mesmo amor pela dança. Este eterno “Prata da Casa” nunca será esquecido!

Muitos não entraram nesta galeria, ou porque não quiseram, ou por falta de oportunidade do contato com nosso jornal, ou ainda por falta de tempo hábil para a preparação de seus perfis.  Os que aqui estão estampados representam todos os seus pares.

A eles rendemos nossa homenagem em nome de todos os cidadãos que amam este “chão generoso, sempre enfeitado de verde”!

Parabéns Guaíra! Parabéns Guairenses!

 

Antonio Francisco Neto “Tonico”  – 83 anos – Músico, cantor

Começou fazer o trecho de folias de reis no final da década de 50, saindo inicialmente como contramestre do Sr. Raimundo Torres. Passou sua cultura para os filhos. Outra tradição cultivada por Tonico é a dança de São Gonçalo. Tonico conta que certa vez fez uma doação de sangue ao Mestre Edson, que por gratidão lhe ofereceu um caderno que continha toda a profecia de São Gonçalo, cantou São Gonçalo com vários parceiros depois de ter sido chaveiro (uma espécie de orientador e guia da dança de São Gonçalo). Apesar de em menor frequência, ainda hoje várias famílias realizam o “voto” a São Gonçalo e convidam Tonico para ser o cantador e mestre, função que ele realiza com sabedoria e conhecimento. Sem Tonico, as tradições culturais do município não teriam sido as mesmas.

 

Antonio Penasforte (Pichico) – 70 anos – Compositor, músico e artesão

Em sua juventude formou a dupla Lourencinho e Pintasilva, tendo composto várias letras e melodias. Ainda no campo da música, fundou na década de 80 um programa no palco do Centro Social Urbano, onde muitos artistas iniciaram sua caminhada.  Influenciado pelas duplas sertanejas da época, que atuavam muito no circo-teatro, escreveu dramas que eram encenados nos picadeiros do circo e posteriormente no auditório da Rádio Cultura. No teatro fundou o Grupo Renascer da Alegria ao lado dos filhos. Na cultura popular, visitou durante muito tempo escolas como voluntário ensinando as tradicionais danças de quadrilha e catira.  Folião de reis por devoção, realizou vários encontros estaduais de Folias de Reis no município na década de 80. Artesão nato, montou durante muitos anos um presépio na praça São Sebastião, destaque regional. Em cena sempre foi um cômico nato, tendo vivenciado dramas no circo trabalhando como palhaço.  Enfim, o “Pichico”, como todos o conhecem, permeou em quase todas as áreas artísticas e culturais e é um desses mestres por natureza.

 

Aparecida Angélica – Escritora

Em suas obras literárias, a autora procura passar para as crianças a cobrança dos seus direitos e deveres. Em seu livro “A macaquinha internética” retrata o mundo da tecnologia, que tomou conta de todos, não deixando espaço para outras atrações educativas. Na segunda obra “A invasão no milharal”, a mensagem trata da verdadeira amizade, pois ninguém conhece mais esses valores; aquela amizade sadia, que passa de pai para filho, o respeito mútuo; aquela grande família formada pelos patrões e empregados, em que os filhos crescem juntos. Saber fazer amigos é a arte mais sublime que existe e isso tudo está registrado na leitura desse livro. A autora ainda agradece o amor e carinho que sente pelos seus amigos de infância, muitos deles colocados como personagens em forma de bichos.

 

Bóris Laudino – 78 anos – Mestre do violão

Em 1961 começou a trabalhar nas lojas Riachuelo de Guaíra. Comprou seu primeiro violão na antiga relojoaria Garbin e aos finais de semana viajava para São Paulo para estudar violão na Escola Santo Esteban, onde aprendeu a escrever partituras. Em São Paulo teve oportunidade de conhecer Nelson Gonçalves e inclusive tocar para ele. No final da década de 70, fundou a escola de violões na Casa de Cultura “Escola Brasileira de Violões”, que durou cerca de 20 anos, formando vários músicos que seguiram carreira profissional. Bóris, quando fala da cultura de um modo geral, se mostra decepcionado, principalmente com o fim de sua escola de violões, mas se diz orgulhoso dos bons frutos que colheu e das sementes que plantou.

 

Edelmar Zanol (Branco Zanol) – 41 anos – Professor de judô, empresário, palestrante e idealizador do Projeto Olímpico de Judô “Branco Zanol”, que atende cerca de 5000 crianças.

Branco Zanol iniciou o judô aos 6 anos de idade na Ass. Guairense de Judô e aos 19 anos foi titular da Seleção Brasileira de Judô. Disputou os Jogos Olímpicos de Atlanta/96, nos Jogos Olímpicos de Sidney/00 conquistou a vaga na seletiva nacional, porém foi cortado devido uma lesão nas costelas, participou dos Jogos Olímpicos de Atenas/04 (como reserva). Títulos nacionais: Hexa Campeão Brasileiro; Penta Campeão Paulista; Hexa Campeão dos Jogos Abertos do Interior. Títulos internacionais: Vice Campeão Mundial por Equipes; Tetra Campeão Sul-americano; Tri Campeão Pan-Americano; Campeão Torneio de Macon (USA); Campeão da Etapa de Varsóvia (POL); Campeão Torneio Guido Siene (ITA); Campeão da Copa do Mundo (AUS); Campeão da Copa do Mundo (GER); Campeão da Copa do Mundo (HOL); Vice Campeão da Copa do Mundo (ING); Vice Campeão da Copa do Mundo de (HUN); Bronze na Copa do Mundo (CZE); Bronze no Torneio de Sung Cup (PRK).

 

Bruno Henrique Malta – 24 anos – Jogador de vôlei de praia

Iniciou sua carreira como profissional de vôlei de praia em setembro de 2012 e venceu o Guaíra Open daquele ano ao lado de seu parceiro Francis. Em 2013 foi bi-campeão do Guaíra Open, campeão dos Jogos Regionais de Araraquara e fechou o ano entre os 8 melhores jogadores do Estado nos Jogos Abertos de Mogi das Cruzes. Em 2014, foi vice-campeão dos jogos regionais também em Araraquara. Neste mesmo ano, Guaíra sediou o primeiro Campeonato Paulista de Vôlei e Bruno conquistou o 8º lugar no Estado. Em 2015 ficou em 4º lugar deste circuito e hoje é considerado o 5º melhor do estado.

 

Carlos Alberto Toyotta – 44 anos – Lutador profissional de MMA (Mix Martial Arts)

Campeão do Deep, Campeão do ACCEL FC, Campeão do Real FC, Campeão do ROAD FC, entre outros. O lutador guairense também foi campeão dê Kickboxing do ACCEL FC. No Jiu-jitsu: campeão japonês, campeão europeu, campeão pan-americano e 3º colocado no Mundial.

 

Célia Marilsa de Assis da Silva  – Artista plástica

Célia é formada em Educação Artística pela UNIFRAN, exerce suas atividades em atelier próprio onde dá aulas de pintura em tela e em porcelana. Participa de várias exposições por toda a região, inclusive em setembro próximo seus quadros serão exibidos no North Shopping de Barretos.

 

Conrado Corona Avila De Oliveira – 27 anos – Jogador de futebol

Campeão do interior com o Botafogo de Ribeirão; campeão paulista com o XV de Piracicaba e campeão com o Barretos Esporte Clube. Já foi eleito o melhor atacante da rodada do Paulistão.

 

Daniel Penasforte – 49 anos – Ator e dramaturgo

Iniciou no teatro em 1985, quando o pai fundou, juntamente com a família, o grupo Renascer da Alegria. Escreveu seu primeiro texto em 1988, a peça “A busca ao tesouro em 80 trapalhadas”. Recebeu do Mapa Cultural Paulista os Prêmios de melhor texto original em 1995 e 1997 com as peças “O Fantasma do Teatro” e “Um causo di amô”, respectivamente e o de dramaturgo revelação em 1998 com a peça “Antes ele do que eu”. Atuou como teatro-educador na Casa Assistencial de Colina, na Associação de Proteção à Infância de Jaborandi e na Associação Lar. Difundiu seus trabalhos em várias cidades entre elas. Em 2004 tornou-se Bacharel em Artes Cênicas pelo Centro Universitário Barão de Mauá e se especializou em Teatro Educação, Dança Educação e Educação Musical pela Universidade de Franca em 2007 e 2008. Produziu vários textos educativos. Participou da produção e dirigiu a primeira montagem do espetáculo “Revivendo o Calvário” em 1998, espetáculo que vem dirigindo ininterruptamente desde 2002. Fez curso de extensão em Gestão Cultural na Fundace/USP Ribeirão Preto em 2014/2015, coordenou oficinas culturais. Adaptou e dirigiu os textos de Luis Alberto de Abreu: “Burundanga” e “O anel de Magalão” e em 2015 fez a direção teatral de um musical em parceria com as escolas Enoch e Dalva e IORM. Participa ainda da rede CIC, de Pontos de Cultura em parceria com o Ministério da Cultura com o projeto “Pontos Cênicos” como Professor de Teatro e Coordenador.

 

Diego Fernandes Bento – 29 anos – Capoeirista e professor

Iniciou na capoeira em 1999 através da Associação de Capoeira Praia do Rio Grande, onde se encontra até os dias de hoje. Sua primeira graduação verde ocorreu em 2000, amarelo e azul 2003, azul e verde 2005, azul (estagiário) 2007, professor 2010, mestrando 2014. No ano de 2010 idealizou e colocou em prática o Projeto Fênix de Capoeira, que hoje conta com dois núcleos prestes a iniciar o terceiro, com 60 alunos, onde já se formaram mais de seis professores e dois estagiários. Seus eventos se tornaram um dos maiores e melhores da região. As três únicas medalhas que o município possui de capoeira nos Jogos Regionais saíram de seu Projeto, 2013 ouro, 2015 ouro e bronze, ano que rendeu o 2° Lugar por equipes femininas. Seu projeto também está ganhando festivais e campeonatos na região.

 

Diego Manoel Lourenço – 29 anos – Professor e atleta de judô

Faixa preta desde 2005. Campeão nos Jogos Regionais pelas cidades de Guaíra, Franca e São Joaquim da Barra. Terceiro colocado no Brasileiro de Kata. Professor nas instituições: Colégio Dante Alighieri (São Paulo), Santa Marcelina (São Paulo), Faculdade UNIFESP (São Paulo), Academia 4Fit (São Paulo), Colégio Copam (Orlândia), Projeto Olímpico Branco Zanol (Orlândia), rede de educação da cidade de São Joaquim da Barra e Guaíra, Usina Olímpica IORM (Guaíra) e Associação Guairense de Judô.

 

Douglas Aparecido Silva de Sena Junior – 18 anos – Atleta de Judô

Conquistas: em 2009 conquistou medalhas de bronze no Paulista Estudantil Sub 13, Campeonato Paulista Sub 13 e Sul Brasileiro Sub 13. Em 2010 ficou em 3º lugar na Copa SP Sub 15 e no Paulista Estudantil Sub 15. Em 2011 foi campeão da Copa SP Sub 15, vice-Campeão Sul Brasileiro Sub 15, vice Campeão Paulista Sub 15 e campeão Paulista Estudantil Sub 15. Em 2012 conquistou bronze no Paulista sub 17 e Paulista Estudantil sub 17. Em 2013: campeão Copa São Paulo Sub 18, bronze no Paulista Escolar sub 18 e vice-campeão na Seletiva Nacional Sub 18. Em 2014 foi vice-campeão no Paulista Sub 18 e bronze no Paulista Sênior e no Paulista Escolar sub 18. No ano passado ficou em segundo lugar no Paulista Sub 21 e conquistou o primeiro colocado no Paulista Sub 23 e Brasileiro Sub 23.

 

Elydio Antonelli – Bailarino e professor

Ao lado de sus esposa Marisol, Elydio completa 20 anos de parceria e profissionalismo. Iniciou seus estudos em Ribeirão Preto. Tem em sua trajetória importantes títulos e participações internacionais na Argentina, Cuba, Paraguai e Rússia, representando o Brasil nas Ginastradas Mundiais na Holanda 1991, Alemanha 1995, Portugal 2003 e Áustria 2007. A convite do governo Suíço, o casal participou das apresentações de abertura da “EXPO 2002” na Alemanha. Em 1998 foram para concursos na Bulgária e Rússia. Em 2008 participaram do “Dance Gran Prix” realizado na Espanha conquistando o primeiro Lugar com o Ballet “Spartacus”, neste mesmo ano receberam da Câmara Brasileira de Cultura em São Paulo, a “Medalha de Reconhecimento Social e Cultural”. Em 2009 “Medalha de Prata” no 1º Life World Challenge Dance, na Áustria. Presentes também nas apresentações de “Gala da CBG”. Em 2011, representaram o país no festival mundial de ginástica e dança realizado na Suíça, com participação na noite de Gala. No Brasil, são ativas as participações nos melhores e mais importantes festivais, Galas e concursos na área da ginástica e dança, reverenciando sempre o respeito e seriedade que arte merece. Os Bailarinos integram a equipe do INEC-Nova Friburgo RJ, de Ginástica e Dança. Em 2015, o casal integrou a comissão de frente da escola Rosas de Ouro e em 2016 pelas escolas Independente e Império de Casa de Verde (Campeã).

 

Ernani Carreira de Carvalho – 51 anos – Fotografia e Vídeo

Em 1978 comprou sua primeira Câmera Fotográfica Kodak. Com o lançamento da Câmera Filmadora Panasonic VHS em 1986 aprendeu a filmar e a editar vídeo. Em 1997 iniciou a publicação de suas minhas fotos e vídeos na internet, notícias e eventos de Guaíra no meu Site, Home Page. Atualmente utiliza seu Blog Ernani Carreira Guaíra SP e a Rede Social Facebook para publicação de suas Fotos e Vídeos.

 

 

Guilherme Dainezi Nagata – 16 anos – Atleta de Jiu-Jitsu

O atleta faz parte da equipe Motta Jiu-Jitsu e no momento encontra-se graduado na faixa azul. Em 2013 foi campeão do Circuito Motta de Jiu-Jitsu, campeão do Open de Jiu-Jitsu em Batatais e campeão Paulista. Em 2014 conquistou o 2º lugar na 1º etapa do Circuito Paulista, o 1º lugar na segunda etapa, ficou em 2º colocado no ranking paulista e venceu o Open de Jiu-Jitsu em Bragança Paulista e a Copa Bandeirantes de Submission (Jiu-Jitsu sem kimono). Em 2015 foi: campeão da 1ª e 2ª etapa do Circuito Paulista e 3º lugar na 3ª etapa; campeão paulista; 3º lugar no Sul Brasileiro; 1º no Open de Jiu-Jitsu em Jaboticabal e foi o atleta indicado a receber a medalha de honra ao mérito da Federação Paulista de Jiu-Jitsu. Neste ano já conquistou o 1º colocado no Open de Jiu-Jitsu em Monte Alto e em Barretos e o 3º colocado na 1ª etapa do Circuito Paulista.

 

Jocemara Flores de Oliveira – 48 anos – Professora

Aos 9 anos Jocemara iniciou seus estudos de piano com a professora Maria Olímpia Machado. Aos 12 anos teve um problema motor nas mãos, mas isso não a impediu de continuar. Continuou seus estudos no Conservatório Musical Carlos Gomes em Barretos até formar-se em 1986. A partir dessa data começou a lecionar piano em casa. Em 1993, montou uma escola de música em sociedade com Rosemeire Watanabe do Prado e mais tarde com o apoio de Vanja. Em 2001, Jocemara montou o Conservatório Musical Amadeus e formou grandes profissionais. Lecionou música na Casa de Cultura e coordenou projetos musicais por 20 anos. Em 2000 passou a reger o Coral Raízes. Assumiu e se comprometeu a levar a música raiz e o nome da cidade para vários lugares. Há 16 anos está à frente do Coral de pessoas da melhor idade. Atualmente é educadora musical do Projeto Guri e  leciona canto coral  e iniciação musical.

 

Joyce Nascimento de Bessa – 20 anos

Em 2003 iniciou sua carreira no judô. Foi campeã regional em 2004, 2006 e 2007, ano em que conquistou o Campeonato Estadual Fase Final, categoria infanto-juvenil meio pesado e 2008, ano em que também conquistou o Campeonato Estadual do Interior 1ª Divisão. Em 2009: 3º colocado no Campeonato Estadual do Interior, no Campeonato Paulista Estudantil e na Copa São Paulo e campeã do Campeonato Paulista Pré Juvenil. Conquistou colocações na Copa São Paulo em 2010, 2011 e nos campeonatos Paulista Estudantil, Paulista, Regional e Estadual. Em 2013 entrou para a seleção brasileira de judô e foi Vice-Campeã do Campeonato Sul-Americano. Em 2014 foi campeã dos Jogos Regionais por Guaíra. Em 2015 foi vice-campeã da Copa São Paulo e do Paulista, campeã do Paulista Inter Regional, 3º colocado no 12º Torneio de Judô Shoshichi Chiba. Neste ano já conquistou o campeonato Paulista Inter Regional e fase regional Divisão Especial.

 

Raquel Salomão Lourenço e Jorge Eduardo Brandão – Massoterapeutas

Raquel: trabalhou no Rio de Janeiro Country Club por 17 anos como Massoterapeuta e Fisioterapeuta; especializada em Liberação Miofascial com introdução ao método Rolfing. Trabalhos de recuperação de atletas pelo Comitê Olímpico Brasileiro desde 2011, participando de Jogos Olímpicos, Pan-americanos e Competições Internacionais de várias modalidades esportivas.

Jorge: formado em 1999 em Massoterapia pelo SENAC/RJ. Trabalhou na equipe de esportes aquáticos do CR Vasco da Gama/RJ de 1999 a 2002; Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos CBDA de 1999 a 2009; Comitê Olímpico Brasileiro desde 2001; trabalhou no Rio de Janeiro Country Club por 11 anos; participação em Jogos Olímpicos, Pan-americanos e competições internacionais de várias modalidades esportivas.

 

José Ap. Rodrigues – 52 anos – Poeta e Romancista

Em 1999 aventurou-se no comércio guairense e, associando-se ao empresariado, usou parte do tempo dedicando-se à literatura. Hoje o escritor se encontra com três obras literárias editadas: “Memórias de um Sonhador”, “Pôr do sol de outono” e a intrigante história romanceada “O Justiceiro do sertão da Alta Mogiana”, que fala da região da Alta Mogiana e principalmente da cidade de Guaíra quando ainda era apenas a vila da “Corredeira”. O seu projeto literário não para por aí. Logo após a divulgação da última obra, ele estará editando outro romance que se intitula por “Uma primavera inesquecível”.

 

José Carlos Arantes Júnior – 53 anos – Professor de judô

Iniciou seus trabalhos como professor da Associação Guairense de Judô em 1987 já formado em educação física e faixa preta de judô. Atuou no judô Guairense até início de 2003 onde formou muitos atletas de destaque e faixas pretas que hoje atuam na área. Trabalhou em Guaíra em escolas públicas e particulares ministrando aulas de Judô e educação física. Desde 2002 é professor efetivo da rede de ensino municipal de Ribeirão Preto.

 

Lessiana Freitas – 31 anos – Atleta de vôlei de praia

Lessiana foi conquistou o Circuito Paulista em 2014 (terceiro lugar), em 2015 (3º lugar em Jacareí e Guaíra, em Piracicaba e São Paulo em 5º lugar e em Santos em 4º) e em 2016 (ficou com o 2º colocado em Guarulhos). No ranking oficial de duplas do Estado está em segundo lugar e individual em 3º colocado. Nos Jogos Regionais Lessiana foi campeã em 2008 e 2009, vice-campeã em 2010 e 2014 e 3º lugar em 2015.

 

Luciano Duarte – 41 anos – Atleta de Powerlifting

Iniciou no esporte em 1991. Possui 24 títulos de campeão paulista, 21 de campeão brasileiro, 11 de campeão sul americano, 3 de campeão pan-americano, e tem medalhas de ouro, prata e bronze em três mundiais. Como atleta de Powerlifting já percorreu o mundo, participando de competições em Argentina, Equador, Colômbia, Noruega, Áustria, República Checa, Alemanha, Canadá, EUA, Holanda e Espanha.

 

Mário Rodrigues Da Silva – Microempresário e poeta

Mesmo sem patrocínio, Mario lançou cinco livros de poesia lírica: Inspiração – Poesia para todo momento (em 2003); Palavras a essência da vida (2004); Luz de um Poeta (2005); Liberdade Poética (2006) e Poemas e Poesias (em 2007). Os livros foram divulgados na cidade e região através de seu esforço e de seus familiares.

 

Rafael Pimentel – 29 anos – Enxadrista (1963 pontos de rating no Ranking Mundial)

Aprendeu a nobre arte de Caíssa aos 10 anos com o seu Pai, Francisco de Assis Pimentel, conjuntamente com sua família disputou vários torneios pelo País e já participou de mais de 200 torneios. Já foi Heptacampeão Municipal, Campeão de Torneios Regionais por categoria, Campeão Paulista do Interior Sub 18, Bicampeão das Olimpíadas DeMolay, Vice-campeão da Taça de Prata LXSBC 2010, Campeão do Circuito Cuiabano de Xadrez 2011, 3º Lugar do Estado MT 2011 e Campeão IRT Clássico Batatais. Em conquista coletivas: Tetracampeão Regional Escolar, medalhas de Prata e Bronze nos Jogos Regionais, bicampeão Interclubes Paulista (Categoria C), campeão Municipal Escolar (Enoch e Santa Luz) e campeão Interequipes do Mato Grosso.

 

Sabrina Tavares Rosseto – 18 anos – Atleta de judô

Conquistas: campeã da Copa SP, campeã Paulista, bronze no Brasileiro Região V, campeã Brasileira, campeã Pan-americana, bronze no Paulista Escolar, bronze na Seletiva Nacional 2015, 5º colocado no circuito mundial da Alemanha, bronze no Paulista, campeã dos Jogos Abertos da Juventude, 5º lugar na Seletiva Nacional e campeã Sul Americana.

 

Stefanio Stafuzza – 38 anos – Atleta e professor de judô

Está na modalidade judô desde os 8 anos de idade e é faixa preta 5º DAN. Foi campeão Master Panamericano, Sulamericano, Brasileiro e Paulista. Sua maior conquista como atleta foi o primeiro lugar nos Jogos Abertos do Interior (maior competição da América Latina) defendendo Guaíra e até hoje é a única medalha de ouro na história que a cidade possui na primeira divisão desta competição. Iniciou como professor em Guaíra em 2003 no projeto Branco Zanol. Criou seu próprio projeto, o C.T. Meninos de Ouro, na Vila Aparecida e se dedica a ensinar crianças carentes. Recusou propostas para continuar na cidade. É responsável por colocar nove judocas guairenses na Seleção Brasileira de judô. Em Guaíra já formou 19 faixas pretas e 15 integrantes do Centro de Excelência Esportiva Projeto Futuro.

 

Yorran Miranda Stafuzza Bonvino – 19 anos – Atleta de Judô

Conquistas: em 2012 foi vice-campeão na Seletiva Nacional sub 18 e vice-campeão Paulista Estudantil sub18; em 2013 conquistou bronze no paulista escolar sub 18; em 2015 bronze no Paulista Universitário e neste ano conquistou bronze na Copa São Paulo e foi vice-campeão Paulista.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos