Seg - 20/08
31º 18º 23:25
Guaíra - SP

Estudante de artes lamenta abandono da escultura Espuma no Parque Maracá

Geral
Guaíra, 6 de outubro de 2016 - 09h39

Em apenas seis meses, a obra de arte já está suja e depredada, com sua pintura comprometida, buracos criados por vândalos e até mesmo a retirada de uma das partes da peça

ANTES materia 1 (1) materia 1 (2)

Há menos de um ano, o Parque Maracá recebeu a escultura Espuma, do artista Gilberto Salvador, no valor de R$ 70 mil, para retomar o MAE – Museu Aberto das Esculturas. A novidade foi alvo de grandes polêmicas, pois o gasto com a peça surgiu em meio a problemas financeiros no orçamento municipal e em setores públicos.

Agora, seis meses depois, os guairenses que apreciam uma bela obra de arte estão lamentando o abandono em que se encontra a escultura, suja e depredada.

Um estudante de artes retratou algumas imagens da Espuma e mostrou nas redes sociais o estado em que se encontra: com sua pintura comprometida, buracos criados por vândalos e até mesmo a retirada de uma das partes da peça.

“Fico triste por passar no lago Maracá e ver a escultura de Gilberto Salvador sem cuidados, toda suja, peças da obra já furtada por vândalos. Tem partes que já estão rachadas, furadas e descascadas. Lembrando que faz menos de um ano que esta obra foi instalada no Parque. Tem gente que não tem valor nas coisas mesmo sendo em arte”, lamentou o universitário, que lembrou de munícipes subindo na Espuma para tirar fotos, o que a deixou completamente suja.

“Tenho também consciência que, nesse momento de crise, a prefeitura de Guaíra não deveria adquirir essa obra. Mas, já que comprou e enriqueceu o visual do nosso cartão postal, seria melhor que o setor do governo desse mais atenção para a obra de arte”, destacou.

Em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura, a Diretoria de Cultura informou que “lamenta os atos praticados na obra Espuma”. Já a peça removida, o governo disse que “a base foi retirada do local para ser sanado o dano e em breve a mesma retornará ao Parque.”



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos