Qua - 18/07
28º 16º 09:53
Guaíra - SP

Etanol: preços caíram em 18 estados e no DF

Agora
Guaíra, 1 de Maio de 2016 - 08h07

Mesmo com a queda seguida de preços, na média, ainda de acordo com a ANP, os preços continuam acima do teto de 70% dos valores praticados para a gasolina

As informações referem-se à semana de 17 a 23 de abril e foram liberadas na última terça-feira (26), pela ANP – Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis. O Amapá seguiu sem avaliação pela ANP.

A maior baixa de preços, ainda segundo os dados, se deu em São Paulo, onde o preço médio do biocombustível foi vendido a R$ 2,505 o litro, baixa de 4,07% quando comparado com o preço médio da semana anterior que ficou em R$ 2,607. A maior alta ocorreu em Alagoas, onde o hidratado subiu 2,24% nos preços médios medidos pela ANP.

Mesmo com a queda seguida de preços, na média, ainda de acordo com a ANP, os preços continuam acima do teto de 70% dos valores praticados para a gasolina, cálculo usado para avaliar a viabilidade econômica do biocombustível, que segundo analistas rende 30% a menos que o derivado do petróleo. O cálculo, no entanto, leva em conta apenas os aspectos econômicos, desprezando as externalidades do combustível renovável.

Na prática, em vários estados brasileiros, como em Mato Grosso, Minas Gerais e São Paulo, já é economicamente vantajoso abastecer com etanol em vários postos.

O etanol hidratado medido pela Esalq/BVMF registrou nesta sexta-feira (29) sua terceira baixa seguida, com negócios firmados em R$ 1.292,00 o metro cúbico, baixa de meio ponto percentual quando comparado aos preços praticados na última semana. (UDOP)


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Agora
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos