Ter - 16/10
32º 21º 00:22
Guaíra - SP

Expectativa de retomada do setor sucroenergético marca lançamento da Fenasucro

Agora
Guaíra, 22 de Maio de 2016 - 08h02

A 24ª Fenasucro & Agrocana será realizada em Sertãozinho, entre os dias 23 e 26 de agosto, com a expectativa de encabeçar a volta do crescimento econômico no setor canavieiro

O secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, acredita que é o momento definitivo de recuperação do setor sucroenergético. No lançamento da 24ª edição da Fenasucro & Agrocana, em São Paulo, no dia 18 de maio, Arnaldo Jardim representou o governador Geraldo Alckmin e disse que o evento será o marco zero da retomada do crescimento do segmento no Brasil.

A Fenasucro será realizada em Sertãozinho, entre os dias 23 e 26 de agosto, com a expectativa de encabeçar a volta do crescimento econômico no setor canavieiro. Para Arnaldo Jardim, “a mudança do governo federal é um fator de animação porque nós acreditamos que isso irá reestabelecer a confiança, a situação declinante da economia do País pode ser invertida. Então se cria uma conjuntura política, legislativa e econômica mais favorável”.

Mas para que esse crescimento seja perene, apontou Arnaldo Jardim, é preciso a definição de políticas públicas, qual será o papel do etanol na matriz de combustíveis do Brasil e a participação da biomassa na matriz energética. “Até hoje, a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) fez leilões para energias renováveis, só que colocou para disputar em igualdade a energia eólica e a biomassa, e nós perdemos porque no caso da eólica não foi computado o custo da transmissão”, observou o secretário.

O otimismo marcou o lançamento da Fenasucro, que em 2015 gerou negócios na ordem de R$ 2,8 bilhões, recebendo 30 mil visitantes e mais de mil marcas expondo. Para 2016, 95% dos espaços do evento já foram comercializados, o que deixa os organizadores ainda mais animados para repetir o bom desempenho. A boa perspectiva se deve também à alta na demanda por açúcar no mercado mundial e etanol no mercado interno.

“Três meses nos separam deste evento historicamente bem-sucedido, e que neste ano em especial irá servir como o ponto de virada no setor sucroenergético, demarcando o fim de um ciclo péssimo em nossa economia em geral, em particular nos mercados ligados à cadeia produtiva do etanol, do açúcar e da bioeletricidade”, ressaltou Paulo Gallo, presidente do Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis (Ceise-BR).

Discurso ratificado pelo gerente geral da Fenasucro, Paulo Montabone, para quem “a Feira seguirá a tendência da retomada do setor sucroenergético. O principal foco é a realização de negócios. Teremos muitas novidades e tecnologia para que o setor continue se desenvolvendo”.

O evento é realizado pelo Ceise-BR e organizado pela Reed Exhibitions Alcântara Machado no Centro de Eventos Zanini. Mais informações no www.fenasucro.com.br.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Agora
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos