Seg - 22/10
31º 20º 23:55
Guaíra - SP

Guaíra ainda não atingiu meta da vacinação contra a gripe

Grávidas, crianças e trabalhadores da saúde precisam comparecer às unidades de saúde para se imunizarem; o menor índice de vacinação é entre o público infantil

Cidade
Guaíra, 23 de junho de 2018 - 16h00

 

 

 

 

 

A Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe terminou ontem (22) em todo o país, mas, como muitos municípios ainda não atingiram a meta, as pessoas dos grupos prioritários ainda podem procurar as Unidades de Saúde da Família para se imunizarem.

Os grupos que ainda não atingiram a meta foram: crianças (62,56%), trabalhadores de saúde (78,73%) e gestantes (75%). O número mais preocupante em Guaíra é o dos menores de cinco anos, incluídos no grupo de risco estabelecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Pelo menos 775 ainda não tomaram a vacina.

“Ainda não atingimos a meta na cobertura do público infantil, funcionários da área de saúde e grávidas. Assim, continuaremos vacinando as pessoas contempladas (grupos) enquanto tivermos vacinas no município, pois Barretos já mandou toda a grade”, informa a enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Ana Carolina Minoda.

O alerta fica para que as mães de crianças que receberam as vacina pela primeira vez devem levá-las para a 2ª dose 30 dias após a primeira, para que as mesmas fiquem protegidas.

A preocupação, segundo a pasta, é com a proximidade do inverno, período considerado de maior circulação do vírus da gripe. Os grupos de Puérperas, idosos e professores já atingiram a meta no município.

“Orientamos toda população do público-alvo que ainda não se vacinou, a procurar a unidade básica de saúde mais próxima de sua residência”, explicou.

No último boletim de influenza divulgado pelo Ministério da Saúde, até o dia 16 de junho, foram registrados 3.122 casos em todo o país, com 535 óbitos. Do total, 1.885 casos de 351 óbitos foram por H1N1. Em relação ao vírus H3N2, foram registrados 635 casos e 97 óbitos. Da influenza B, foram 278 registros com 31 óbitos. No mesmo período do ano passado, foram registrados 1.301 casos e 219 óbitos relacionados às complicações da gripe.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos