Ter - 17/07
28º 15º 23:44
Guaíra - SP

Guaíra tem “Dia D” de vacinação contra a gripe neste sábado

Geral
Guaíra, 12 de Maio de 2017 - 15h38

Campanha é voltada a crianças até cinco anos, gestantes e puérperas, professores da rede pública e privada, idosos a partir dos 60 anos, trabalhadores de saúde e pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições especiais

Amanhã (13), as unidades de saúde do município estarão abertas para aplicar vacinas contra gripe na população que faz parte dos grupos prioritários. A ação faz parte do “Dia D” da vacinação. A intenção é atender pessoas que têm prioridade em receber a imunização mas têm dificuldade de comparecer aos serviços de saúde durante a semana.

Fazem parte do grupo de pessoas que podem se vacinar na rede pública: idosos a partir dos 60 anos, trabalhadores de saúde, crianças de seis meses a cinco anos, gestantes, mulheres no período pós-parto, indígenas, população privada de liberdade, funcionários de presídios e pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições especiais – neste caso é obrigatório xérox de receita médica ou atestado que comprove a doença. Neste ano, também foram incluídos neste grupo professores da rede pública e privada.

Segundo a pasta todas as USFs estarão à disposição da população das 8h às 17h. São elas: José Adalberto Lelis Garcia – Bairro Tonico Garcia; Cabo Agnaldo Soares Barbosa – Bairro João Vacaro; Antônio Manoel da Silva – Bairro Jardim Eliza; João Bosco Lelis – Bairro Nádia; Tarcísio Barini – Bairro Vivendas; e Dr. José Vilela Junqueira – Bairro Vila Aparecida.

Conforme o secretário de saúde, Jorge Uatanabi do Prado, a adesão à campanha tem sido satisfatória, porém, é importante que a população procure os postos antes da chegada do inverno. “Até o final de abril foram vacinadas 3.900 pessoas e a meta é atingir 90% de cada um dos grupos prioritários. A campanha começou em 17 de abril e vai até 26 de maio”, destaca.

A vacina não provoca a doença em hipótese alguma em quem tomar a dose, pois é feita de pequenos fragmentos do vírus que são incapazes de causar qualquer infecção. “A vacinação contra o Influenza é fundamental para evitar complicações decorrentes da gripe e doenças graves, como pneumonia”, afirma Ana Carolina M. Minóda de Oliveira, enfermeira da Vigilância Epidemiológica.

Além de imunizar a população contra a gripe A H1N1, tipo que se disseminou pelo mundo na pandemia de 2009, as doses irão proteger a população contra os vírus do inverno de 2017, A/Hong Kong (H3N2) e B/Brisbane. A vacina foi produzida pelo Instituto Butantan, através de um processo de transferência de tecnologia.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos