Dom - 27/05
27º 15º 16:30
Guaíra - SP

Henrique Prata anuncia equilíbrio nas contas da Santa Casa de Barretos

Outro anúncio do gestor são os novos credenciamentos que somam R$ 1 milhão e que irão ajudar na estabilidade financeira do hospital

Geral
Guaíra, 22 de Março de 2018 - 12h38

Na manhã da última terça-feira (20), o gestor da Santa Casa de Misericórdia de Barretos, Henrique Prata, reuniu a imprensa com os médicos, colaboradores, autoridades e voluntários para anunciar as grandes conquistas para a instituição.

Emocionado, Henrique revelou que finalmente as contas do hospital estão se equalizando, com a receita bem mais próxima do custo mensal.  Contou que foi imprescindível a ajuda pessoal do Presidente da República Michel Temer, Deputado Federal Baleia Rossi e principalmente de cada colaborador que lutou junto para esta conquista. “Agora temos uma nova Santa Casa realmente de Misericórdia”, afirmou Prata, que também é gestor do HC de Barretos.

O hospital conseguiu a CND (Certidão Negativa de Débitos) emitida pela Receita Federal que permitirá a efetivação do plano de recuperação financeira e regularidade tributária nas esferas municipal, estadual e federal. “Após um ano e cinco meses de gestão, não imaginava conseguir tão rapidamente e nem que apareceriam soluções”, disse.

Segundo Prata, a emissão foi possível após aval do presidente Michel Temer para que as instituições de saúde renegociem as dívidas. “Negociamos uma dívida de mais de R$ 50 milhões, conseguimos de volta a CND graças a todos os que acreditaram que a Santa Casa mudaria da água para o vinho”, comentou emocionado. “Recebi um hospital sem dono, sem lei, ordem, respeito e dignidade, mas acabou o tempo da desigualdade aqui”, acrescentou.

Outro anúncio do gestor são os novos credenciamentos que somam R$ 1 milhão e que irão ajudar na estabilidade financeira do hospital. “Vamos credenciar o serviço de cardiologia em abril com a presença do presidente Michel Temer, conquistaremos a estabilidade e seremos a melhor Santa Casa do país”, destacou. Atualmente a Santa Casa tem receita de R$ 6 milhões e despesas de R$ 6,3 milhões mensais.

Henrique conta com o trabalho de articulação do prefeito Guilherme Ávila para conseguir o restante junto aos municípios. Outra expectativa é fortalecer a clínica médica com os protocolos aplicados na USP de Ribeirão e São Paulo. Sobre a dívida acumulada, Prata declarou que a estabilidade financeira vai ajudar a quitar o pagamento. “Não tínhamos dinheiro, tudo foi feito com o coração, eu mesmo não estou acreditando”, finalizou.

Os anúncios foram comemorados com médicos, apoiadores e colaboradores do hospital regional. O provedor ainda fez agradecimentos especiais, inclusive ao jornalista Monteiro Filho, a quem considera como padrinho.

APOIO

O prefeito Guilherme Ávila disse que as boas notícias são reflexo da fé e trabalho. “Parabenizo Barretos e o Henrique e resumo na frase ‘ele conseguiu’”, observou. O chefe do Executivo confirmou reunião com os municípios para que colaborem financeiramente. “Vamos mostrar toda demanda reprimida e o que a Santa Casa pode oferecer e eles possam pagar. Barretos contribui com R$ 64 mil e colocamos R$ 100 mil a mais e os municípios vão contribuir com valores até menores”, finalizou.

(Colaboração O Diário Online)


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos