Seg - 12/11
30º 20º 23:26
Guaíra - SP

Médico e secretário de saúde participam de reunião com vereadores

O encontro foi solicitado pelo diretor do corpo clínico da Santa Casa, Dr. Ricardo Cid Pardi, com o objetivo de discutir a situação dos médicos que prestam serviços na Santa Casa

Cidade
Guaíra, 18 de Abril de 2018 - 10h17

Vereadores durante reunião com médicos e secretário de Saúde buscam solução para impasse sobre atrasos nos pagamentos dos profissionais contratados

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na tarde da última segunda-feira, 16, o presidente da Câmara, Caio César Augusto, abriu a sala de reuniões do Poder Legislativo para um encontro convocado pelo diretor do corpo clínico da Santa Casa de Misericórdia de Guaíra, Dr. Ricardo Cid Pardi.

A reunião, que contou com a presença do secretário municipal de Saúde, Jorge Uatanabe do Prado e de todos os vereadores, teve como objetivo tratar a relação profissional que envolve profissionais da medicina, o hospital e o contrato de prestação de serviços com a prefeitura.

Na oportunidade, o presidente Caio César Augusto deixou aberto para que tanto o médico como o Secretário pudessem explicar a situação. Dr. Ricardo reclamou sobre os constantes atrasos nos salários dos médicos, que segundo ele “estaria insustentável”.

“Foi só pedido a eles para que possamos receber em dia. Porque já diminuíram os valores dos médicos duas vezes para nos pagar em dia. E não estão cumprindo. Os vereadores prometeram que vão acompanhar de perto”, afirma o anestesista.

Por outro lado, Jorge Uatanabe esclareceu que os repasses programados pelo governo municipal por meio da contratualização firmada com a Santa Casa estavam em dia e que caberia à direção da entidade fazer a programação do pagamento do salário dos médicos.

Outros assuntos foram levantados dentro do encontro, dentre eles, a atual dívida financeira do hospital e suas consequências, a quantidade de leitos existentes e números de internações e a contratação de uma Organização Social (OS) para gerenciar a área médica.

Ao final, os vereadores manifestaram que tanto a prefeitura, Santa Casa e classe médica deveriam entrar em um consenso visando a solução deste impasse, devido à importância da área que estão tratando, que é a Saúde Pública. Os parlamentares deverão formular, em conjunto, um requerimento solicitando informações ao governo e ao hospital para possíveis providências.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos