Sáb - 26/05
27º 14º 14:34
Guaíra - SP

Multas de trânsito ficam mais caras a partir de hoje

Agora
Guaíra, 1 de novembro de 2016 - 09h50

Também serão reajustados os valores das multas aplicadas a motoristas suspeitos de dirigir alcoolizados, que se recusarem a fazer o teste do bafômetro

As multas de trânsito vão ficar mais caras a partir de hoje, 1º de novembro. Com os novos valores, previstos a partir da alteração do Código de Trânsito Brasileiro, multas por infrações gravíssimas vão passar de R$ 191,54 para R$ 293,47. Aquelas por infração grave passam dos atuais R$ 127,69 para R$ 195,23. As cobradas por infrações consideradas médias sobem de R$ 85,13 para R$ 130,16. E as multas leves serão reajustadas dos atuais R$ 53,20 para R$ 88,38.

Também serão reajustados os valores das multas aplicadas a motoristas suspeitos de dirigir alcoolizados, que se recusarem a fazer o teste do bafômetro. Nesse caso, a multa passará de R$ 1.915 para R$ 2.934,70. O motorista terá ainda a habilitação suspensa pelo prazo de 12 meses.

Andar sem cinto é multa grave e quem insistir vai pagar R$ 195, além dos 5 pontos na carteira. É a mesma multa para quem estacionar em cima da calçada.

Usar o celular ao volante virou mania. Pelo Código de Trânsito, não pode falar e nem digitar, seja no carro em movimento ou parado no sinal. A multa por usar o celular ao volante passa do grau médio para gravíssimo e o valor salta de R$ 88 para R$ 293. Outras infrações também foram agravadas.

No topo do ranking das infrações mais cometidas está o desrespeito à velocidade permitida na via. Agora, quem ignorar a lei e cometer esse tipo de infração (média) vai ter que desembolsar R$ 130,16.

Por avançar o sinal vermelho, o motorista vai pagar R$ 293,47, já que se trata de uma infração gravíssima.

Com o aumento no valor das multas, especialistas de trânsito acreditam na redução no número de infrações, desde que haja fiscalização.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Agora
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos