-
º º 04:10
Guaíra - SP

Munícipes denunciam casos de envenenamento em cães e gatos da cidade

Geral
Guaíra, 5 de novembro de 2017 - 10h39

A AAAG destaca que a comercialização de tipos de veneno como o “chumbinho” é liberada no município

Nesta última semana, moradores do Bairro Taís ficaram chocados com o aparecimento de dois animais mortos por envenenamento na região. De acordo com os munícipes, uma mulher teria utilizado um produto, mais conhecido como “chumbinho”, para matar um cachorro e um gato.

Revoltadas com a atitude, algumas pessoas confirmam que procuraram as autoridades, mas que a responsável pela covardia – já identificada pelos guairenses – ainda não foi presa e não está respondendo pelo crime de maus-tratos.

Os casos repercutiram pelas redes sociais e uma moradora relatou que a agressora chegou a desafiar a polícia.

Essa não é a primeira ocorrência do ano. Em setembro, alguns proprietários denunciaram que provavelmente a mesma pessoa havia envenenado alguns animais no Nova Guaíra e Califórnia.

O Jornal O Guaíra entrou em contato com a Associação Amigos dos Animais de Guaíra, que repudiou o crime. “Estamos tentando fazer com que a acusada pague por maus-tratos aos bichinhos e, inclusive, já entramos em contato com a Polícia Ambiental sobre o que podemos fazer”, afirma.

Porém, a AAAG destaca que a comercialização deste tipo de veneno é “liberada” no município. “Não deveria ser, mas é e qualquer cidadão pode comprar esse produto em diversos locais da cidade, o que acaba sendo ‘difícil’ identificar pessoas mal intencionadas”, declara a entidade.

Para evitar que mais covardias como essa aconteçam, a instituição pede para que os guairenses denunciem na Polícia Civil ou procurem a Guarda Civil Municipal se suspeitarem de algo. “Contamos com o apoio dos policiais civis e também dos nossos guardas, que vigiam nossa cidade e tentam evitar crimes como este”, finaliza.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos