Qui - 20/09
31º 19º 04:00
Guaíra - SP

Operação da PM prende casal com mais de meio quilo de drogas

O carro apreendido, além de ser produto de roubo em Bebedouro, possuía em seu porta-malas 15.000 pinos prontos para enchimento com cocaína e 643 gramas de maconha

Policial
Guaíra, 17 de Maio de 2018 - 10h18

 

 

 

 

 

 

 

Na tarde da última segunda-feira (14), por volta das 18h, mais uma colaboração popular por meio de denúncia levou a Polícia Militar a agir contra o tráfico. Na deleção, constava que uma determinada casa situada na Rua 9-A do Jardim Lígia estava sendo usada como depósito de drogas, pertencendo esta a um conhecido dos meios policiais.

Assim, foi planejada e levada a termo uma operação, sob o comando do Tenente Ubiali e empenho do Sargento Gilberto, Cabo Daniel e Soldados Moleiro, Teotônio e Rocha, os quais, ao chegarem ao local apontado, depararam-se com o portão trancado e ninguém no imóvel. Entretanto, sobre o muro foi possível ver na garagem, um veículo Honda Civic, cor preta, ano 2009, cuja placa ao ser consultada divergentemente apontou para um Toyota Corolla de origem ilícita, o que motivou a entrada no quintal e abertura do veículo para a devida investigação.

O carro, além de ser produto de roubo pela cidade de Bebedouro em data anterior, possuía em seu porta-malas ao todo 15.000 pinos vazios, prontos para enchimento com cocaína e 643 gramas de maconha.

Outras diligências, baseadas também em informações delatórias levaram as equipes à outra residência, onde residiriam os locatários da casa-depósito. O casal, sendo um homem de 49 anos e uma mulher de 46, foram presos em flagrante, pois, além das drogas encontradas na casa por eles alugada para fins ilícitos, no interior da residência em que moravam, os militares encontraram mais entorpecentes, sendo 91 pinos cheios de cocaína, porções de maconha, uma balança de precisão e apetrechos de preparo.

Na delegacia, ambos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico, com posterior recolhimento ao cárcere, desde então à disposição da justiça.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Policial
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos