Seg - 22/10
31º 20º 14:49
Guaíra - SP

Prefeitura já gastou mais de R$ 62 mil com consultorias em 2016 e empenha mais R$ 51 mil

Geral
Guaíra, 31 de Maio de 2016 - 08h01

Atual gestão pagou mais de R$ 742 mil em consultorias e assessorias até o momento. Dentre esses valores, R$ 140 mil foram para empresa criar projeto de estruturação do Centro de Exposições, uma das promessas não cumpridas de Sérgio de Mello e Denir Ferreira

 

O Diário Oficial do Município do dia 25 de maio confirmou mais um empenho de R$ 51.200,00 para a empresa Cleire de Souza Consultoria, por oito meses, para realizar serviços técnicos especializados em assessoria e consultoria na área de licitações, contratos, compras diretas, orientação na gestão de contratos, controle interno, e outros ligados a gestão pública.

Esta firma já recebeu neste ano R$ 32 mil e possui contratos com a gestão de Sérgio de Mello e Denir Ferreira desde 2014 e 2015, quando recebeu R$ 62.500,00 e R$ 70.683,33 respectivamente.

A atual administração já foi muito criticada pela bancada de oposição dos vereadores pelas grandes contratações de consultorias para projetos, cursos e capacitações aos servidores públicos municipais.

No ano passado, o parlamentar José Mendonça denunciou que, apesar do contrato com a empresa Cleire de Souza Consultoria para prestar serviços na área de licitações do Departamento de Compras, o setor chegou a cometer graves erros nos valores da previsão de gastos com quitandas, entre outros. Mendonça chamou a atenção da prefeitura para os altos valores para as empresas de fora, mesmo possuindo um quadro de funcionários efetivos qualificados para exercer este tipo de assessoria.

 

PROJETOS APENAS NO PAPEL

Em uma pesquisa realizada no Portal da Transparência, o que mais chama a atenção são as despesas com a empresa FK Projetos e Assessoria Ltda EPP que recebeu em 2014 e 2015 o total de R$ 140 mil para promover estudos visando a reestruturação do Centro de Exposição, uma promessa de campanha eleitoral de Sérgio e Denir que não foi concretizada até o momento.

No ano de 2013, a prefeitura pagou para a empresa Focus Prima Educação e Tecnologia Ltda o valor de R$ 78.000,00 para elaboração projeto Agência de Formação Profissional e Empregabilidade, proposta da Secretaria da Indústria, Comércio e Emprego, até então comandada pelo vice-prefeito Denir Ferreira dos Santos.

A agência seria instalada no prédio do antigo Soares Ouro Branco. Até hoje, o projeto não saiu do papel e os valores gastos com tal assessoria não retornaram em benefício da população.

 

DESPESAS

Ao fazer uma breve consulta, foram somados mais de R$ 167 mil com assessorias e consultorias em 2013 para elaboração de projeto topográfico Planialtimétrico de Via Pública de Acesso Ao Bairro São Jose do Albertópolis, cursos de capacitação, realização de oficinas temáticas, entre outros.

Em 2014 as despesas aumentaram para mais de R$ 357,5 mil com estas empresas, incluindo os gastos com o projeto para a estruturação do Centro de Exposição e um trabalho de assessoria em um projeto de Desenvolvimento do Turismo por R$ 7,9 mil.

Em 2015 a prefeitura pagou mais de R$ 155,5 mil para firmas de assessoria e consultoria e neste ano a despesa chegou a R$ 62 mil, além de R$ 51.200,00 empenhados até o momento.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos