Seg - 16/07
29º 17º 13:34
Guaíra - SP

Prefeitura multa 32 proprietários de terrenos baldios com mato alto e lixo

Geral
Guaíra, 16 de Maio de 2017 - 09h54

Novo formato da fiscalização permite que Unidade de Controle de Vetores autue infratores. Multa é de R$ 250, além de R$ 0,40 por metro quadrado do espaço

Conforme matéria divulgada no site da Prefeitura (em 17 de abril) e distribuída para imprensa, uma parcela dos proprietários de terrenos com mato alto ou detritos (lixo) não tem colaborado com o restante da população, o que está levando a Prefeitura a tomar outras medidas. Assim, já foram autuados e multados nesta primeira quinzena de maio 32 cidadãos.

Primeiramente, o governo faz notificação e o dono do imóvel tem apenas 7 dias para limpar o terreno. Após este prazo, o Executivo poderá fazer o serviço e cobrará o valor da roçada de R$ 0,40 o m2 (Exemplo: um terreno de 400 m2 pagará R$ 250,70 de multa mais R$ 160,00 do serviço, totalizando R$ 410,70).

Os terrenos baldios que motivaram as autuações estão localizados nos bairros: Residencial Nova Guaíra, Jardim Palmares, Residencial Taís, Jardim Califórnia, Parque Paranoá, Residencial Reinaldo Stein, Jardim Novo Horizonte, Portal do Lago e Morada do Sol.

“A Prefeitura, por sua vez, possui um reduzido número de maquinários e tratores, que agora estão disponíveis para praças, canteiros e áreas públicas. Por outro lado, os valores cobrados, incluindo a multa, não são economicamente interessante para o contribuinte, sendo oportuno que procure um prestador do ramo para realizar o serviço”, informa o governo.

Os prestadores de serviços de limpeza de terreno, que queiram ter seus nomes divulgados pela Prefeitura, via site do Município, podem deixar seus dados na UCV, pelo fone 3332.5151 ou email: vetores.guaira@hotmail.com

“A cidade é de todos, é preciso zelar por ela e mantê-la sempre limpa, trabalhar juntos para construir uma cidade cada vez melhor. A Prefeitura precisa da colaboração da população, para manter os terrenos baldios limpos, e assim combater os insetos e animais nocivos à saúde”, completa.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos