Qui - 19/04
28º 20º 06:53
Guaíra - SP

Vândalos tentam arrancar novas lixeiras do Parque Maracá

São, ao todo, 40 instrumentos ecológicos doados por munícipes, com intermédio da secretaria de Agricultura do município

Cidade
Guaíra, 17 de Janeiro de 2018 - 10h21

Após a instalação de 25 novas lixeiras ao redor do Parque Maracá, através da secretaria municipal de Agricultura e Abastecimento e do departamento de Serviços Urbanos, a prefeitura recebeu relatos de que, em menos de três dias, vândalos tentaram arrancar os objetos do local.

“Este problema é recorrente e gera altos custos na manutenção de próprios públicos. Muitas são as placas de trânsito arrancadas e roubadas todos os meses. Equipamentos como as lixeiras, peças de academias ao ar livre e outros são vandalizados, causando dispêndios desnecessários”, lamentou o governo.

São, ao todo, 40 instrumentos ecológicos doados por munícipes, com intermédio do setor de Agricultura, que já informou que mais lixeiras serão instaladas na região do centro comercial.

O secretário da pasta, Rafael Granner Lelis pediu a colaboração da comunidade guairense, para que denuncie qualquer ato vândalo na cidade. “Trata-se de patrimônio público, de todo povo, de todos que os usam. Então, peço aos munícipes, quando verem pessoas causando qualquer tipo de dano, que entrem em contato com a Prefeitura, de preferência pelo 199 da Guarda Municipal ou pela Ouvidoria Cidadã 0800 941 1000”, reforça.

O parque Maracá é o maior espaço de lazer e convivência, que é utilizado por, praticamente, toda a população. Assim, Rafael solicita que os guairenses façam uso dos equipamentos instalados e não dispensem lixo no parque. “É importante ressaltar que as lixeiras são destinadas aos detritos gerados pelos frequentadores e não para o depósito de lixo residencial”, finaliza.


TAGS:

COMENTÁRIOS

  1. A instalação de câmeras de vigilância inibiria esse tipo de problema.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos