Ter - 18/09
27º 18º 10:09
Guaíra - SP

Vereadora faz indicação de acessibilidade para o município

Maria Adriana de Oliveira Gomes apresentou cinco documentos ao prefeito relacionados com as políticas públicas para as pessoas com necessidades especiais

Cidade
Guaíra, 28 de agosto de 2018 - 07h34

A vereadora durante a última sessão ordinária da Câmara Municipal

 

 

 

 

 

 

 

 

Em razão da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla e Semana Municipal de Prevenção de Deficiências, a vereadora Maria Adriana de Oliveira Gomes apresentou uma série de indicações voltadas para as políticas públicas da pessoa com necessidades especiais de Guaíra.

Além dos documentos, a parlamentar cobrou, durante a sessão ordinária do último dia 21 de agosto, o retorno das atividades para PCD’s desenvolvidas pela prefeitura, que estavam suspensas, mas que são essenciais para a qualidade de vida destes cidadãos.

A indicação número 180 solicita ao Poder Executivo a realização de obras de acessibilidade no imóvel onde se encontra instalado o Centro de Convivência do Idoso, com a construção de rampas para cadeirantes na calçada e no prédio.

Segundo Maria Adriana, é um espaço público frequentado por cadeirantes e munícipes com dificuldade de locomoção. “Não existem equipamentos específicos, tanto na calçada quanto no imóvel, o que atenta diretamente contra a dignidade dos usuários e viola seus direitos constitucionais”, comentou.

Já o documento nº 181 indica a instalação de cadeiras elevatórias nas escadas de acesso ao piso superior do Paço Municipal “Messias Cândido Falleiros”, a prefeitura. Segundo a vereadora, o prédio, que tem dois andares, não possui acesso para cadeirantes ao Gabinete do prefeito e outros serviços essenciais.

Outra indicação apresentada por Gomes foi a de número 182, na qual ela solicita ao prefeito a realização de obras de acessibilidade nos imóveis públicos destinados a atividades de lazer, como por exemplo, os playgrounds, praças e quadras poliesportivas.

Nas escolas

Maria Adriana também sugeriu ao governo que adquira carteiras adaptadas para alunos PCD’s na rede municipal de ensino. “As escolas municipais devem estar preparadas para bem atender os estudantes com necessidades físicas especiais, garantindo de forma plena a dignidade que a constituição garante para todos”, declarou.

Centros de Recuperação

Através do documento nº 184, a edil requereu do Poder Executivo a criação Centros Municipais Especializados na Recuperação de PCD’s. Segundo ela, são unidades voltadas para o atendimento especializado àqueles que necessitam de reabilitação, com o objetivo de desenvolver seu potencial físico.

Para Gomes, o diagnóstico, a avaliação, a orientação e a estimulação precoce dos usuários são responsabilidades da equipe multiprofissional, composta de Fisioterapeutas, Terapeutas Ocupacionais, Fonoaudiólogos, Médicos, Psicólogos, Assistentes Sociais e Enfermeiros.

“Podemos, com a criação deste CER, proporcionar o acesso de pessoas cuja deficiência interfira em sua mobilidade e em sua acessibilidade aos meios de transporte convencionais. O serviço deve contar com veículos adaptados para os usuários”, finalizou Maria Adriana.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos