Ter - 20/11
26º 19º 12:36
Guaíra - SP

Vereadores buscam informações sobre obras da ETE

Moacir e Maria Adriana reuniram-se com o engenheiro civil José Emygdio sobre situação da Estação de Tratamento de Esgoto

Cidade
Guaíra, 9 de Maio de 2018 - 10h13

Os vereadores Moacir e Maria Adriana ouvem explicações do engenheiro civil José Emydio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na tarde desta segunda-feira (07), os vereadores Moacir João Gregório e Maria Adriana de Oliveira Gomes estiveram no Departamento de Obras do Município em busca de informações sobre a atual situação da construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE).

Os parlamentares foram recebidos pelo chefe do setor, o engenheiro civil José Emygdio. Na ocasião, eles questionaram os prazos de reinício das obras da estação, que estão paralisadas desde o ano passado.

O empreendimento conta com recursos da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), órgão do Governo Federal, através de convênio. Porém, por duas vezes ocorreram problemas no contrato com empresas durante a construção da ETE, o que tem dificultado a sua continuidade.

De acordo com informações de José Emygdio, a Fundação concedeu ao município um prazo para que as obras fossem retomadas com a empresa atual ou chamamento da terceira colocada no processo de licitação. Caso não obtenham resultados, existe possibilidade de realização de um novo processo licitatório para contratação de uma nova firma.

Em relação à possibilidade do atraso na conclusão da estação impedir a construção de casas, foi informado que o processo das moradias por meio da Companha de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) pode prosseguir normalmente, uma vez que o tratamento de esgoto é essencial para a execução deste projeto.

Maria Adriana manifestou preocupação. “Realmente me deixa muito preocupada, pois é uma obra essencial para o município e não pode ficar nesta situação. Acredito que além de agilizar todo este procedimento, a prefeitura precisa tomar os devidos cuidados do empreendimento, que está abandonado”, disse.

Por outro lado, Moacir Gregório cobrou maior gestão do atual governo. “Verifico que a administração municipal não consegue resolver problemas de nossa cidade, muito menos mostrar um caminho a seguir. Com isso, vamos perdendo tempo em nosso desenvolvimento e quem sofre com toda esta morosidade é o cidadão, o pagador de impostos”, destacou.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos