Qua - 18/07
28º 16º 09:53
Guaíra - SP

Vereadores criticam desorganização dos responsáveis pela Festa do peão de Guaíra deste ano

Geral
Guaíra, 28 de Maio de 2016 - 09h49

Parlamentares também denunciaram alto gasto de R$ 288 mil com a reforma do Parque de Exposições Ademir Jovanini Augusto para a realização do evento. Organização havia contratado estrutura proibida de ser utilizada no Estado de São Paulo

Durante a última sessão ordinária da Câmara Municipal, realizada na noite de 24 de maio, os vereadores criticaram a não realização da Festa do Peão de Guaíra por falta de organização e denunciaram o alto gasto com a reforma realizada no Parque de Exposições Ademir Jovanini Augusto.

O parlamentar, José Mendonça, lembrou que o prejuízo terá de ser arcado pela Sogube, que sofre por problemas financeiros desde o ano passado, quando o prefeito Sérgio de Mello reduziu 20% a verba repassada para as entidades assistenciais do município.

“Eu havia alertado nesta Câmara que a Sogube não deveria ter entrado nessa. De acordo com o projeto enviado para a Casa de Leis, a festa seria realizada de forma integral pela Sogube, sendo que a prefeitura cederia apenas o local e contrataria os shows. Agora que a festa não deu certo, mesmo com cargos comissionados da prefeitura fazendo parte da comissão e pessoas com conhecimento técnico sobre a festa, se existir algum prejuízo, quem vai arcar com isso é a Sogube e não a prefeitura. Mais uma das trapalhadas administrativas do nosso prefeito, que vai jogar em cima de uma entidade o prejuízo de uma incompetência técnica com problemas que poderiam ter sido solucionados muito antes da festa. Mas, como sempre, essa administração deixa tudo para a última hora. Agradeço a Deus pelo fato dessa Câmara não ter aprovado o projeto da festa, agradeço que a APAE pulou fora antes dos problemas acontecerem. Só espero que a festa seja realizada em junho para diminuir o prejuízo da Sogube”, declarou.

A vereadora Ana Beatriz Coscrato Junqueira também comentou os problemas que levaram a juíza de direito a cancelar o evento e repudiou os boatos que diziam pela cidade que a denúncia para não ocorrer a festa partiu da oposição.

“Eu sou a favor da festa desde que ela seja planejada. Saiu comentário que talvez vereadores e oposição teriam impedido a realização da festa. Para quem acha isso é só ir no fórum, vão ver que muito antes o promotor de Guaíra já tinha entrado com uma ação pedindo pra juíza proibir a festa, porque, com muita antecedência ele solicitou à comissão toda a documentação e até duas semanas antes da festa nada havia sido providenciado. Foi por isso que ela deferiu a liminar. Não tem oposição nenhuma. O que tem é falta de organização, de responsabilidade, de vergonha na cara”, ressaltou.

A Dra. Bia Junqueira lembrou que a prefeitura gastou um alto valor para reformar o parque de Exposições para que o evento fosse realizado. “Foi gasto R$ 288 mil só para reformar o recinto de exposições para ter a festa. Pedimos informações e queremos saber de onde gastou-se tanto dinheiro para reformar o local. Porque nas festas passadas tinha reforma sim, mas eram de R$ 8 mil, R$ 12 mil, troca de fiação; nunca foi R$ 288 mil. Queremos saber e levar para o promotor também, pois, com tanta reforma, por que não deu certo?”, disse.

Segundo a parlamentar, a comissão organizadora está anunciando a Festa do peão 2016 para junho, mas deverá apresentar antecipadamente todos os documentos exigidos pela juíza. “Já marcaram a festa e se comprometeram a levar toda a documentação e fazer todas as adequações. Vamos ver se vai acontecer isso para ter a festa”, completou Bia.

Para o vereador José Natal Pereira, a comissão errou ao contratar uma estrutura que não pode ser utilizada no Estado de São Paulo. “Torcemos para dar certo, mas como estavam fazendo jamais iria dar certo. Eles tiveram a capacidade de alugar uma estrutura que no Estado não pode ser usada há 11 anos, em nenhum cidade do estado; uma estrutura de 50 cm de tábuas, o governo não autoriza. São 70 cm em toda a estrutura, cobertura. Quem será que teve essa capacidade? Não adianta querer realizar a troque de caixa. Senhor prefeito, a Sogube não vai pagar a dívida de festa do peão e essa casa de leis tem a responsabilidade de não deixar pagar, porque a Sogube já tinha negado e não sei qual foi a conversa que mudou de opinião”.

Natal ainda comentou sobre o gasto com o Parque. “Ficamos sabendo que gastou-se R$ 288 mil para reformar. Não teve nenhum ano que passou de R$ 11 mil reais essa reforma. Isso vai dar cadeia. Porque é vergonhoso. Eu já sei de três empresas que trabalharam lá. Sei quem fez a parte de energia, quem fez a reforma nas tampas da caixa de energia, quem fez a pintura e, tenho certeza, se gastou, foi no máximo R$ 47 mil reais. Quero ver onde é que estão o resto das obras. Estou esperando desmanchar lá para avaliar, porque quero andar pra ver essa obra de arte lá dentro”, denunciou.

Para o vereador Cecílio José Prates, o evento não foi realizado por consequência do veto da Câmara. “Nossa população não merece passar por essa vergonha como passou com essa vergonhosa atitude com relação à festa do peão. Não tenha dúvidas que essa festa não foi realizada porque os bombeiros não autorizaram, mentira. Não foi realizada porque essa câmara vetou a injeção de dinheiro na festa. Os organizadores não conseguiram render a festa, perceberam que o prejuízo seria maior ainda e aproveitaram para dar essa ‘miguelada’ dos bombeiros. Foi só por isso. Em junho vai ter? Não sei como vão fazer, a não ser que volte algum projeto de lei com alguma outra entidade laranja para assumir de novo e assumir também judicialmente a festa. Eu não acredito que vai acontecer”, apontou Dr. Cecílio.

Encerrando a sessão, o presidente da Câmara, Mário Carlos Nogueira Neto, utilizou a tribuna e apresentou como boa opção a boa estrutura e os profissionais da cidade. “Que faça uma festa com menos dinheiro. Guaíra consegue fazer a festa com a estrutura que tem, Guaíra tem ‘brete’, tem bois, tem peão, tem locutor, tem gerador, tem tudo para fazer uma festa barata e usar esse dinheiro para comprar equipamentos para a nossa Santa Casa”, terminou Netinho Nogueira.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos