Ter - 18/09
27º 18º 11:22
Guaíra - SP

Vereadores querem informações sobre acidente de trabalho envolvendo servidor público

Uma vala para a instalação de tubos de coleta de esgoto do Residencial Bárbara cedeu, soterrando o funcionário, que foi socorrido e passa bem

Cidade
Guaíra, 2 de setembro de 2018 - 10h15

Local onde teria ocorrido acidente com servidor público municipal (Foto divulgada pela prefeitura)

 

 

 

 

 

 

No último dia 28 de agosto, ocorreu um acidente envolvendo um servidor público durante inspeção em uma obra realizada pela prefeitura no Bairro Residencial Barbara. O funcionário entrou em uma das valas abertas para a instalação de tubos de coleta de esgoto e acabou sendo soterrado em consequência do manejo dos maquinários próximos ao local. Ele foi socorrido ao PS, encaminhado à Santa Casa posteriormente e passa bem.

Entretanto, os vereadores Moacir João Gregório, Maria Adriana de Oliveira Gomes e José Reginaldo Moretti assinaram o requerimento número 170, solicitando ao Poder Executivo, informações sobre o ocorrido, já que o governo municipal não emitiu nenhuma nota após o imprevisto. Os parlamentares querem saber “qual o motivo de um servidor da prefeitura estar em uma obra da FUNASA”, que deveria ser de responsabilidade de uma empresa contratada.

Os edis pedem o documento CAT (Comunicado de Acidente do Trabalho) referente ao acidente e ainda questionam se a prefeitura possui engenheiro ou técnico em segurança do trabalho para garantir a integridade física de seus servidores.

Moacir, Maria Adrina e Moretti também questionam se a prefeitura já realizou LTCAT, PPRA e outros laudos de riscos de trabalho, sobre o ambiente de seus servidores. O documento será remetido para apreciação do prefeito municipal, que terá prazo de 15 dias para responder.

NOTA DA PREFEITURA

O governo municipal foi questionado pela reportagem do O Guaíra sobre o acidente nesta obra. Sem citar o nome do servidor, o Executivo apenas informou que uma vala cedeu, o socorro foi imediato e o funcionário passa bem. Confira a nota do Departamento de Comunicação.

“Para o bem do serviço público e atendendo a população daqueles bairros o DEAGUA e a Prefeitura estão realizando a obra conexão entre os bairros: Nova Guaíra e Residencial Bárbara. Na aferição da obra executada num total de 3 mil metros, verificou-se que a empresa contratada na época deixou de instalar 220 metros de tubulação na transposição da Lagoa do Fogão para a Lagoa da Santa Quitéria, essa irregularidade é motivo de sindicância por parte da administração.

Estavam no local vários chefes de setores da Prefeitura e da autarquia, tais como: Chefe do departamento de Obras, José Emygdio de Oliveira Neto; Chefe do Departamento de Obras do DEAGUA, Gaspar Junqueira Dias Lélis; José Natal Pereira, Chefe do Departamento de Manutenção da Rede de Água e Esgoto; Felipe Sumitani, Assessor de Gestão e Infraestrutura; e Patrick Euripedes Monteiro, Chefe do Departamento de Patrimônio, que estão à disposição do prefeito 24 horas. Uma vala cedeu, o socorro foi de imediato e o funcionário passa bem.”


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos